25 maio 2015

Soroptimistas apoiaram centro de acolhimento de crianças desacompanhadas

O CENTRO DE ACOLHIMENTO PARA CRIANÇAS REFUGIADAS (CACR) tem tido muita procura desde que foi inaugurado em Maio de 2012.   

O  projecto contou com o interesse e colaboração do Soroptimist International Clube Lisboa Fundador, que envidou todos os esforços para que a zona do recreio exterior do Centro de Acolhimento para Crianças Refugiadas se pudesse transformar numa realidade. Em  Setembro de 2011, por ocasião do 20º aniversário do CPR, realizou-se a plantação  de árvores oferecidas pelo Soroptimistic no “Jardim das Crianças” do Centro de Acolhimento para Crianças Refugiadas. Cada árvore foi plantada por uma  Soroptimista, tendo, simbolicamente, sido dado o seu nome a essa mesma árvore. As Soroptimistas ofereram também o mobiliário para a zona de lazer das crianças.

As histórias de vida das  "CRIANÇAS NÃO ACOMPANHADAS" que têm chegado a Portugal demonstram bem como, em pleno século XXI, o mundo tem cada vez mais  necessidade da solidariedade dos povos e dos Estados.

Ver mais em www.cpr.pt Conselho Português para os Refugiados



 .

24 maio 2015

Soroptimistas celebram aniversários, Maio 2015

A SIUP Soroptimist International União de Portugal, o Clube de Setúbal e o Clube de Évora reuniram-se em Azeitão, para celebrar os seus aniversários.
Vejam as  três presidentes na Cerimónia das Velas.


Muitos parabéns às soroptimistas portuguesas e votos de bons projetos.

A União de Portugal já vai em 19 anos e tem agora 9 Clubes !
Eis sete das presidentes da União de Portugal.

Em Maio 2016 haverá festa grande  no  nosso XX Aniversário.
Reservem a data !


23 maio 2015

Cultura empresarial portuguesa indiferente a questões de género

A Secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares  e da Igualdade é a nossa convidada esta semana.
Numa entrevista que incide apenas no âmbito das suas funções, Teresa Morais assume-se Feminista, mostra-se muito crítica em relação à resistência dos empresários em incluir mulheres nos cargos de chefia e de administração, confessa não gostar de “piropos” e compreende ser necessária a reflexão sobre uma eventual criminalização. Critica o excesso de penas suspensas nos crimes de Violência Doméstica e confessa, entre muitas outras coisas, que gostaria de ver uma mulher na Presidência da República… a sua MARIA CAPAZ É…
Ora vejam a entrevista.  http://mariacapaz.pt/entrevista/entrevista-teresa-morais/

Biôco, a burka portuguesa, proibida desde 1649

“Pelo Decreto de 11 de Agosto de 1649, e Alvará de 20 do mesmo mes, e anno se prohibirão os rebuços das mulheres; e pelo outro Alvará de 6 de Outubro do mesmo anno se declarou que as mulheres devião andar com a cara descoberta, ou, havendo de trazer biôco, devião trazer o manto cahido até aos peitos”.
Ver mais em http://observador.pt/2015/02/17/bioco-burka-algarvia-que-acabou-por-decreto-vai-uma-mascara-para-o-carnaval/

Carla Rocha entrevista soroptimista para Maria Capaz

Quando Assunção Fernandes Tavares quiz lançar o andebol feminino no bairro da Pedreira dos Hungaros em Linda-a-Velha, em meia hora ficou com uma equipa de 25 miúdas.  

Passados mais de 25 anos, muita dedicação, muito trabalho e muito estudo e , um Mestrado em Serviço Social da UCP feito com o apoio de uma bolsa de estudo da Soroptimist International Europe, a São tem um novo desafio:  Replicar o sucesso do  andebol criando um programa de mini-andebol para crianças na cidade da Praia em Cabo Verde.  

Os escalões têm nomes fofos como bambis, minis, infantis,   mas os desafios desta treinadora virada assistente social são bem mais duros:   as crianças são às centenas, e há que começar por angariar o calçado apropriado para todas.   

São conta a história de começou o andebol feminino agora sediado na Associação Assomada em Carnaxide:  Ela    fora educada em Cabo Verde com regras absolutas de respeito e igualdade, de sinceridade e correção. Recem-chegada a Portugal, um dia, estava sentada nos degraus da sua casinha no bairro, olhando para umas miúdas que brincavam confinadas ao espaço do bairro, quando questionou para si mesma o que poderia fazer com elas «os miúdos não podem andar assim à solta, sem nada para fazerem, sem objetivos. Aquilo podia ser mau para elas». Em Cabo Verde tinha aprendido a jogar andebol e pensou que seria uma excelente ideia ensinar esta modalidade desportiva. Perguntou a duas meninas se gostavam de aprender a jogar. Elas perguntaram o que era andebol. São explicou: é um género de futebol que em vez de se jogar com os pés joga-se com as mãos. Elas foram perguntar às amigas se queriam. Em meia hora São ficou com uma equipa de 25 miúdas .  


Assunção Fernandes Tavares é membro do Clube Soroptimist International Estoril Cascais  que tem vindo a apoiar este trabalho importante desde 2009.  

Muitos parabéns São e continue no bom caminho, levando toda a gente consigo! 

VER mais em http://mariacapaz.pt/cronicas/supermulheres-sem-capa-por-carla-rocha/?fb_action_ids=10205625529132409&fb_action_types=og.comments

Soroptimistas da Europa e Africa reunem-se em Lisboa para encontro anual, Maio 2015

Ulla Madsen, a Presidente da Soroptimist International Europe,  vai presidir à reunião anual que traz soroptimistas de 59 países a Lisboa na última semana de maio.

A assembleia geral anual da Soroptimista Internacional da Europa terá lugar em Lisboa, Portugal, em 30-31 de Maio de 2015.

Soroptimistas em todo o mundo dedicam-se a inspirar a ação e a criar  oportunidades para melhorar as vidas de mulheres e crianças através da nossa rede global de membros e parcerias internacionais.
Sejam bem-vindas a Portugal as participantes na Reunião SIE 2015 Lisbon!

11 maio 2015

Mulheres chefes de empresa juntam-se para irem mais longe.

Acesso a capital é principal dificuldade das empreendedoras, diz a Women Presidents' Organization

O acesso ao capital é o principal problema das mulheres empreendedoras. Elas recebem apenas 4% do total dos empréstimos e 7% do venture capital. Com o objectivo de partir o chamado tecto de vidro que impede as mulheres de chegar ao topo das empresas foi criada a The Women Presidents’ Organization que representa empresas de mais de um milhão de dólares. Esta associação acaba de lançar um capítulo em Lisboa liderado por Mariana Abrantes de Sousa. "Capital Humano" de 16 de Março de 2015.
Reaching Further. Together 

Ver mais em www.womenpresidentsorg.com