24 janeiro 2007

Soroptimistas de Cardiff apoiam crianças no Mindelo, CV


Women in Cardiff assist children and institutions in Mindelo

06-01-07
The Cardiff chapter of Soroptimist International, a women’s association with more than 3,000 clubs in countries such as the UK, France, Italy, Portugal and the United States, is granting study stipends to needy teenagers on the island of São Vicente who attend school.

According to Jill Delgado, Soroptimist International is developing a project known as Education Trust on the island of São Vicente in Cape Verde. The project helps high-school-aged teenagers with good grades but whose financial resources make it difficult for them to remain in school. “Right now we’re supporting nine students, all of them girls, with a study stipend. We’re working closely with the Esperança Association, which receives the funds we send from England and distributes a specific amount to the beneficiaries on a monthly basis.”

Since the partnership has produced positive results, Soroptimist International plans to begin a campaign among its various chapters in the United Kingdom to raise more funds that will allow it to expand the number of beneficiaries. “We’d like to help more girls, and in order to do this we’ll have to get more support. The only requirement is that they have good grades.”

Alongside her work with Soroptimist International, Jill Delgado, who is also a member of Cardiff’s Cape Verdean Association, has delivered monetary donations to the Nutritional Center, the Padre Usera Kindergarten and School, and the Elderly Social Promotion Center. These donations have become routine and are eagerly awaited by beneficiaries. In 2002, for example, the Association sent a container with school supplies, medical equipment, and other items, but, as the process was slow and bureaucratic, the Association decided to opt for monetary donations.

Jill Delgado has other ambitions as well, one of them being the establishment of a permanent channel of communication between Cape Verde and the UK, more precisely Wales. According to Delgado, when she speaks of the islands in Wales, people are shocked, as most have never heard of the archipelago. This is a situation she intends to try and change through a partnership with the Welsh Parliament and with Welsh Prime Minister Rhodri Morgan. “I’m taking material on Cape Verde back to the UK so that they can become familiar with the islands. Later, I’ll take the opposite route, taking people here to get to know that country, which has strong links to Cape Verde, mainly through the coal mines that existed here in the late 19th century,” says Delgado.

Fonte: http://www.asemana.cv/article-imprim.php3?id_article=21857

A Soroptimist International de Cardiff -uma associação de mulheres com mais de três mil clubes espalhados por países como Inglaterra, França, Itália, Portugal e Estados Unidos-, está a apoiar os adolescentes de São Vicente que frequentam a escola secundária e não têm meios, com uma bolsa.

Segundo Jill Delgado, a Soroptimist International desenvolve um projecto em Cabo Verde, mais precisamente na ilha de São Vicente, o Education Trust. O projecto ajuda adolescentes com idade para frequentar a escola secundária e que tenham um bom aproveitamento escolar, mas que no entanto não têm meios para realizar este objectivo. “Neste momento estamos a apoiar nove estudantes, todas meninas, com uma bolsa. Trabalhamos em estreita colaboração com a Associação Esperança, que recebe os fundos que enviamos da Inglaterra e distribui mensalmente uma determinada quantia para as bolseiras”.


E porque esta parceria está a produzir resultados positivos, a Soroptimist International pretende iniciar uma campanha na Inglaterra, entre os muitos clubes desta organização, para conseguir mais apoios que lhe permitam aumentar o número de beneficiários. “Gostaríamos de apoiar mais meninas e, para isso, vamos ter de conseguir mais apoios. A única exigência que fazemos é que elas tenham aproveitamento escolar”.

A par das acções da Soroptimist International, Jill Delgado, que também integra a Associação Cabo Verdiana de Cardiff, entregou donativos em dinheiro ao Centro Nutricional, ao Jardim-Escola Padre Usera e ao Centro de Idosos da Promoção Social. Estas doações já são rotineiras e aguardadas com enorme expectativa pelos beneficiados. Mas nem sempre foram em dinheiro. Por exemplo, revela Jill Delgado, em 2002 a Associação enviou um contentor com materiais escolares, materiais médicos, equipamentos, de entre outros, mas como este é um processo moroso e de grande carga burocrática, passaram a optara pelo apoio monetário.

Mas Jill Delgado tem outras ambições, como por exemplo, estabelecer um canal de comunicação permanente entre Cabo Verde e Inglaterra, mais precisamente com o País de Gales. É que, segundo esta inglesa que tem Cabo Verde no coração, quando fala destas ilhas no País de Gales as pessoas ficam pasmas porque nunca ouviram falar do arquipélago. Uma realidade que ela pretende mudar através de uma parceria estreita com a Assembleia do País de Gales e com o primeiro-ministro Rhodri Morgan. “Estou a levar material de Cabo Verde para Inglaterra, para que possam conhecer estas ilhas. Mais tarde farei o percurso inverso, levando pessoas daqui para que onheçam um pouco da história desse país, que tem fortes ligações com Cabo Verde, nomeadamente através das minas de carvão que existiram aqui em finais do século XIX”, remata Jill Delgado.



Enviar um comentário